sábado, 26 de fevereiro de 2011

Novo Mortal Kombat é banido na Austrália


A polêmica da violência nos videogames ganhou um triste capítulo hoje. Devido à falta de uma política que destaque adequadamente a classificação e a distribuição de jogos adultos, os jogadores da Austrália não poderão comprar no país, para nenhum console, o novo Mortal Kombat.

"Get ouver here!" (Foto: Divulgação)"Get over here!" 
Um dos games mais aguardados do ano, pela expectativa de recriar a jogabilidade que fez tanto sucesso nas primeiras edições, recebeu o selo de “Classificação Recusada” pela Junta de Classificação Australiana, que regulamenta o conteúdo de diversas mídias.
O relatório da Junta de Classificação faz diversas observações sobre “violência explícita”, “sangue espirrando” e “desmembramentos sucessivos” durante os fatalities, e que não foi possível incluir o jogo dentro da classificação máxima permitida, que é para maiores de 15 anos.
Warner Bros. Interactive Entertainment, distribuidora internacional do jogo, liberou uma declaração oficial:Mortal Kombat não será lançado oficialmente no país, e o varejo australiano recebeu a ordem de remover de suas lojas toda e qualquer referência ao jogo, incluindo placas e displays, assim como cancelar todas as pré-compras realizadas dentro do território.
“Estamos extremamente desapontados que Mortal Kombat, uma das mais antigas e bem-sucedidas franquias de videogame, não estará disponível para os jogadores adultos da Austrália.
WBIE não vende conteúdo adulto onde não encontra audiência apropriada. Nós entendemos que nem todo conteúdo é adequado para todos os públicos, mas existe um público para conteúdo adulto em games e faria mais sentido a criação de uma classificação restrita a maiores de 18 anos na Austrália. A WBIE está revisando todas as opções disponíveis no momento.“